Como escrever uma história em 2018

A escrita para videojogos tem vindo a mudar nestes últimos anos, especialmente com a chegada da atual geração e do foco mais acentuado nas plataformas digitais e nos conteúdos pagos. Para um guionista, o guião não se pode apenas restringir a uma narrativa com princípio, meio e fim, e sim ponderar o universo da história como um todo, onde a qualquer momento poderá ser necessário adicionar novos episódios ou DLC que expandem a história do jogo – mesmo que a ideia original invalidasse quaisquer hipóteses de uma sequela. É este o mundo em que vivemos e, meu deus, ele é belo! Continue a ler “Como escrever uma história em 2018”

Elas nos Jogos: femininas, marcantes, badass

Nem sempre celebramos Dias Internacionais, mas quando o fazemos é com classe e carinho, como hoje, o Dia Internacional da Mulher.

E não é para menos. Os videojogos estão repletos de personagens femininas, fortes, confiantes e cheias de garra. Algumas são ícones da industria, a cara e os pilares de algumas das franquias mais importantes da história dos videojogos.

Hoje, para marcar o dia, a equipa do GLITCH junta-se para partilhar com vocês, quais foram as personagens femininas que mais os marcaram.

Continue a ler “Elas nos Jogos: femininas, marcantes, badass”

O que me resta de 2017?

Enquanto um tipo chamado Trump (diz que é presidente ou assim) descarta as alterações climáticas como embuste chinês tal qual a pulseira de equilíbrio Power Balance, Portugal está em seca extrema. Fosse outro ano e poderíamos tentar esquecer-nos desta tragédia e de outras, focando-nos no que ainda está para vir para a nossa plataforma de eleição, sonhar com aquele lançamento AAA que estamos à espera … Continue a ler O que me resta de 2017?

O Guia de Natal do Glitch – Edição 2016

As ruas estão iluminadas, os centros comerciais cheios e já não conseguem evitar aquela música irritante dos Anjos – ou é Natal ou então o mundo está a acabar! Para nosso bem, são apenas sinais que já chegou a época mais feliz do ano com as típicas prendas, doces, músicas e especiais enjoativos e prendas. E mais prendas.

Para aqueles que ainda não compraram as suas prendas (será que já mencionámos as prendas?) ou os presentes ideais para os seus familiares, amigos ou pessoais especiais que adoram videojogos, o Glitch Effect está aqui para vos ajudar a encontrar o melhor para este Natal. Somos como o Pai Natal, mas em vez de prendas, damos sugestões. Se calhar somos mais como o Governo Português, mas que se lixe. Continue a ler “O Guia de Natal do Glitch – Edição 2016”

A pequena loja dos jogos pirateados

Faço parte da equipa do Glitch Effect há quase um ano. Tenho sido presença constante no podcast, mas só recentemente comecei a brindar os nossos leitores – vocês, que estão agora a ler e a sentir que estou a partir a tão badalada Fourth Wall – com textos que considero serem originais. Talvez esteja a passar por uma fase de mudanças na minha vida que me leva a pensar no passado e a deambular por ideias e sentimentos que já não me pertencem, mas tenho notado que a nostalgia é o meu tópico preferido no Glitch Effect (isso e mamas).

Para não destoar, até porque tenho uma imagem a manter, decidi aventurar-me uma vez mais pelas minhas memórias e reencontrar-me com um momento estranho e pouco natural da minha vida como jogador. Continue a ler “A pequena loja dos jogos pirateados”