Catherine Classic | GLITCH REVIEW

A novidade e a experiência singular que Catherine trouxe à PlayStation 3 e Xbox 360, em 2011, podia fazer sentido nessa altura, quando a meio da geração passada começávamos a ter jogos cada vez mais experimentais e a cena indie crescia em força. Mas hoje, em 2019, com o lançamento para PC, essa novidade perde a força.

Continue a ler “Catherine Classic | GLITCH REVIEW”

Anúncios

HYPERGUN | GLITCH REVIEW

Desde que a malta se apercebeu que morrer nos jogos era fixe, que podia ser uma mecânica e que até acrescentava algo à experiência daqueles que procuravam bons desafios, que a indústria abraçou a ideia do “git gud” de uma forma, diria eu, descontrolada. Tudo é Souls-like. Tudo gira à volta da repetição. Mas vamos ser honestos, tudo tem um lugar e nem sempre resulta. Logo, por consequência, nem sempre há necessidade de ir por este caminho. Hypergun, apesar de ser um FPS, insere-se um pouco neste género e no meio de muitas outras tendências espetadas aqui ao pontapé, a de lutar-morrer-repetir é a mais criminosa.

Continue a ler “HYPERGUN | GLITCH REVIEW”

E3 2017: A Sony portou-se bem. E eu agradeço.

A Sony portou-se bem.

Ironicamente, não tendo sido se calhar a preferida até pelos fãs da marca, a conferência da Sony foi provavelmente a mais “E3” que que a tecnológica nipónica teve desde 2005, o ano em que foi apresentada a PS3 e a Xbox 360, e o ano em que comecei a acompanhar as conferências do certame. Continue a ler “E3 2017: A Sony portou-se bem. E eu agradeço.”

Vai ter beta? Altamente!

Nunca tive acesso a tantas betas como no último meio ano. Já a clássicas demos, foram pouquíssimas, ao ponto de que no momento em que escrevo isto só me lembrar de uma.

Cada vez que vejo o anúncio de uma beta penso “Fixe!”; logo seguido de: “Que chatice.” Porque tenho que me inscrever, marcar lugar, olhar para o calendário e rezar que tenha disponibilidade e que a minha Internet esteja fixe naquela altura.

E será correto pensar desta maneira? Claro que sim! Eu quero experimentar os meus jogos! Ou será que… Continue a ler “Vai ter beta? Altamente!”

Antigamente é que era bom!

Sim! A E3 deste ano foi do caraças! Nós, aqui pelo Glitch, temos feito questão de referir isso em todas as nossas recentes conversas. Até o jogador menos interessado já deve ter dado conta do que se passou. Foram anúncios de um futuro nostálgico, de projetos ressuscitados, criancinhas a chorar, a segunda vinda de Cristo… foi tanta coisa fixe que é impossível ficar indiferente ao que nos aguarda nos próximos tempos. Continue a ler “Antigamente é que era bom!”