Dragon Quest Builders | Glitch Review

De todas as series que poderiam aproveitar a popularidade de Minecraft e moldar a sua jogabilidade de acordo com as regras deste ainda recente género, Dragon Quest, a famosa série RPG, era a última franquia em que apostaria dinheiro. Continue a ler “Dragon Quest Builders | Glitch Review”

Telltale: Não és tu, sou eu

Estou farto. Telltale Games, precisamos de falar. Cheguei ao meu limite, desculpa, mas já não consigo estar nesta relação. Os teus jogos cansam-me, já não sinto quaLquer prazer em carregar nos botões no momento certo ou em fazer decisões sob pressão. O sonho morreu, Telltale, e nós precisamos mesmo de falar. Continue a ler “Telltale: Não és tu, sou eu”

Portal Knights | Glitch Review

Matar monstros, encontrar recursos, reconstruir o mundo e criar novos equipamentos para a nossa personagem – esta é a estrutura de Portal Knights. Se calhar pensavam que estava a falar de Minecraft, um erro compreensível, especialmente quando os dois jogos estão tão próximos um do outro. As inspirações podem ser claras, mas Portal Knights não quis ser apenas mais uma cópia do gigante da Microsoft e dá-nos uma experiência que pode ser aproveitada por toda a família. Continue a ler “Portal Knights | Glitch Review”

Lego Words | Glitch Review

Com uma série saturada de adaptações de clássicos do cinema e super-heróis, e com um titã suportado à custa de outras propriedades intelectuais, os jogos LEGO correm o risco de se esquecerem de quem são e, tal como os jogos da Telltale Games, passarem a ser vistos como um género ou uma escolha artística. Felizmente temos agora  LEGO Worlds, o reflexo da essência LEGO em formato digital.

Continue a ler “Lego Words | Glitch Review”