AER: Memories of Old | Glitch Review

Talvez esteja a ser injusto, mas esperava muito mais de AER: Memories of Old. A sua direção de arte invoca alguns dos melhores títulos de aventura e exploração, e a sua falta de combate delineava uma experiência forte e de grande impacto que, infelizmente, não se encontra presente na versão final. É um jogo fugaz, às vezes atraente, mas na sua maioria, aborrecido e sem grande interesse. Continuar a ler “AER: Memories of Old | Glitch Review”

Middle-Earth: Shadow of War | Glitch Review

Já lá vão três anos que Shadow of Mordor apanhou a indústria de surpresa. A abordagem Batman Arkham ao universo do Senhor dos Anéis de Tolkien foi um sucesso e garantiu o título de GOTY ao jogo da Monolith. No essencial, Shadow of War mantém-se apelativo: as lutas com os orcs são desafiantes, há uma variedade saudável de inimigos, e o sistema Némesis continua a provar ser uma das ideias mais engenhosas da indústria nos últimos tempos. Continuar a ler “Middle-Earth: Shadow of War | Glitch Review”

Metroid: Samus Returns | Glitch Review

A recepção negativa de Metroid: Other M parecia ditar o fim prematuro das aventuras de Samus Aran. Lançado em exclusivo para a Wii, o título da Team Ninja dividiu os fãs através de uma representação quase polémica da caçadora de prémios mais famosa dos videojogos. Foram precisos 7 anos, e um spin-off que trouxe mais dores de cabeça do que alegrias, para Metroid voltar ao ativo. E agora que aqui está, esperemos que nunca se vá embora. Continuar a ler “Metroid: Samus Returns | Glitch Review”