GEEKOUT

Todos os veículos das versões old-gen de Cyberpunk 2077 são Tesla Cybertrucks

Os fãs esperaram, desejaram e conseguiram.

Nem tudo é mau nas versões old-gen de Cyberpunk 2077, que aparentemente teve um lançamento desastroso na PlayStation 4 e Xbox One.

Especialmente para os fãs de Cyberpunk 2077 e do excêntrico bilionário e meme-lord Elon Musk, porque não vão encontrar apenas um pouco da sua vida, com a sua namorada Grimes a aparecer no jogo, mas vão também poder conduzir o seu SUV futurista, o Cybertruck da Tesla.

Na realidade, Cyberpunk 2077 conta com uma feature exclusiva na PlayStation 4 e Xbox One, onde todos os veículos, incluindo motas, são Cybertrucks, o ícone moderno do automobilismo elétrico, que prima pelo seu look futurista e arrojado com tantos polígonos como o busto de Lara Croft para a PlayStation Original.

Em conversa com o Glitch Effect, o estúdio polaco CD Projekt Red, responsável por aquele que é o jogo mais ambicioso e esperado dos últimos 7-8 anos, explica que “esta foi uma decisão deliberada, tal como aquela que tomámos de não mostrar o jogo nas versões old-gen. Queríamos surpreender os nossos fãs com a habilidade de transformar desafios em vitórias. Assim, devido às limitações de hardware da PlayStation 4 e da Xbox One em produzir modelos geométricos com mais de 6 vértices, transformamos todos os veículos em Cybertrucks. Acreditamos que os nossos fãs vão adorar a surpresa.

Esta decisão parece ter agradado alguns fãs, como o jogador E Ꜩ Feet, que contou ao Glitch Effect que até vê os baixos frames por segundo como algo positivo: “Adoro a Tesla, adoro o Elon Musk, adorava ser multimilionário como ele mas não sou então é um verdadeiro sonho tornado realidade poder conduzir um Cybertruck num jogo mesmo que seja a 20 frames por segundo. As más línguas criticam, mas quanto menos frames por segundo é mais tempo para eu poder olhar para o Cybertruck e isso só pode ser uma coisa boa.”

Contundo, Cyberpunk 2077 continuou a ser alvo de severas críticas, especialmente pelos fãs do género “cyberpunk”, que afirmam que no lore e nas temáticas do jogo, veículos elétricos não fazem sentido num mundo poluído e destruído: tudo devia de ter altas octanas. Devido a isso, a CD Projekt Red fez um novo comunicado a prometer patches onde vai melhorar o desempenho e processamento do jogo, podendo assim substituir o Cybertruck, pelo também icónico e geométrico carro de Breaking Bad, o Pontiac Aztek, que já conta com um motor a gasolina 3.4L V6.

Nos mesmos patches, a produtora polaca irá também diminuir o número de dildos presentes no jogo (numa tentativa de os jogadores destas versões também se sentirem, metaforicamente, menos fodidos pelo hype), e vai também melhorar alguns modelos das personagens e NPCs do jogo, com destaque para a personagem de Keanu Reeves, Johnny Silverhand, onde na versão para PlayStation 4 e Xbox One, devido a constrangimentos de orçamento, irá ser interpretado pelo brasileiro Marcos Jeeves.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: