REVIEWS

Minecraft Dungeons | GLITCH REVIEW

Minecraft Dungeons prova que a série Minecraft continua a ser camaleónica e a ter coragem de fazer diferente e fazer novo.

Depois de experimentar com vários géneros, eis que a série Minecraft se reinventa novamente. Agora, num formato mais casual, o famoso mundo de blocos surge num novo título que, achamos, irá fazer as delícias do público mais jovem.

Minecraft Dungeons é um jogo de ação e aventura com elementos RPG, inspirado nos tradicionais dungeon crawlers. Aposta numa perspetiva isométrica, focando-se em mecânicas de hack and slash para colocar os jogadores a explorar masmorras repletas de inimigos gerados aleatoriamente, assim como, puzzles, tesouros e armadilhas.

Minecraft Dungeons desenrola-se numa jornada que se divide em 13 níveis diferentes. Tirando partido da estética tradicional de Minecraft, Minecraft Dungeons constrói-se com o design característico da série. Os mapas, as armas, as armaduras… tudo será familiar aos fãs de Minecraft, assim como, os inimigos que são exatamente os mesmos que têm vindo a povoar os mundos jogáveis desta série. Poderão contar com creepers, que insistem em explodir-vos em cima, aranhas prontas a ativar a vossa possível aracnofobia e, claro, alguns animais inocentes que, também aqui, vos darão itens comestíveis para poderem recuperar a vida.

Os oito níveis situam-se em localizações diferentes de um mapa que deixa já adivinhar o lançamento de um DLC. Há pântanos, florestas, montanhas e, claro, minas para descobrir e, para poderem progredir na história, terão de completar cada desafio em diferentes níveis de dificuldade. Se as dificuldades iniciais fazem de Minecraft Dungeons um jogo casual, as mais avançadas assumem-se como verdadeiros desafios – especialmente no que diz respeito aos bosses. Estes super inimigos são mais fortes, têm mais poderes e, se não forem destruídos, podem significar recomeçar o nível do zero.

Ao longo de cada nível terão missões para completar, à medida que se vão movimentando no mapa e destruindo hordas de inimigos. A ação consegue tornar-se frenética, obrigando a uma combinação de abordagens – têm à vossa disposição um arsenal completo que vos permitirá ataques corpo a corpo ou mais furtivos, por exemplo. O vosso arsenal poderá ser personalizado, assim como a vossa personagem, com escolhas que afectarão o vosso estilo de jogo e a forma como abordam os inimigos e campos de batalha. Cada um destes itens poderá ainda ser melhorado, com recurso a vários upgrades. As armaduras e arsenal que vimos e com os quais jogámos não poupam nos detalhes e apresentam o charme característico da série. Uma vez que não há sistema de classes, os jogadores podem utilizar o arsenal que quiserem. Poderão ser um mago de chapéu mágico que só ataca à distância ou um guerreiro “tank” implacável, cuja armadura é um lobo. Vocês escolhem.

Outro detalhe interessante de Minecraft Dungeons, que faz por homenagear a série da qual faz parte e os seus antecessores, é o facto de que, quando anoitece, os inimigos se tornam mais implacáveis. Aqui, não há fogueira que vos salve, mas os vossos amigos poderão eventualmente ajudar.

Além de poder ser jogado a solo, Minecraft Dungeons oferece modos multijogador online e local até quatro jogadores. Em conjunto, a experiência torna-se mais divertida, com o título a posicionar-se como uma boa escolha se o objetivo for jogar algo casual com amigos, enquanto se coloca a conversa em dia. A simplicidade da jogabilidade faz de Minecraft Dungeons um jogo descontraído que, graças à sua estética, transmite também uma sensação de “sentir em casa”. Estes fatores possibilitam uma combinação perfeita para um momento de relaxamento entre gamers e, por outro lado, fazem de Minecraft Dungeons a opção perfeita para ser jogado entre crianças ou pais e filhos. Nestes últimos casos, a funcionalidade de multijogador local torna-se especialmente relevante, perpetuando um elemento tão nostálgico e bonito dos videojogos, permitindo a Minecraft Dungeons assumir-se também como um jogo familiar.

Minecraft Dungeons oferece ainda aos jogadores uma espécie de “hub” que funciona como um território pessoal que se vai desenvolvendo e povoando com o progresso na história – terão a vossa própria casa, vendedores e habitantes. Quem me conhece, sabe que sou fã deste tipo de elementos num videojogo: dêem-me uma casa e eu sou uma gamer feliz. Ainda assim, e à parte deste meu fanatismo por moradas digitais, este elemento tem uma função relevante na jogabilidade: funciona como uma boa “pit stop” entre partidas, fortalecendo o sentimento que referia anteriormente de tranquilidade e positivismo. Os vossos amigos também poderão visitar este local.  Minecraft Dungeons não é um jogo fofinho – tendo momentos mais tensos, com inimigos que podem fazer arrepiar ligeiramente a espinha, também graças à banda sonora – mas é um título descontraído que passa uma sensação de boas-vindas.

Apesar de tudo, é preciso referir que Minecraft Dungeons é pontuado por um sentimento constante de alguma repetição. Na sua génese, o título obriga o jogador a ter de passar várias vezes o mesmo nível, em diferentes níveis de dificuldade, para poder progredir na história. Naturalmente que, devido a este fator, poderão esperar momentos de grind e repetição para poder avançar. É claro que esta escolha ao nível da jogabilidade também significa uma maior longevidade e, eventualmente, replay value. Contudo, é impossível negar que ambos são conseguidos à custa de uma possível sensação de tédio, resultante da repetição seguida dos níveis numa sessão de jogo mais longa, por exemplo.

Apesar de ser dotado de visuais e uma banda sonora de elevada qualidade, Minecraft Dungeons é um título com pouca profundidade ao nível da narrativa, mecânicas e jogabilidade. A premissa simples é apresentada, desde logo, e pouco ou nada muda com a progressão e passar das horas de jogo. Ponto negativo também para a falta de loot nos vários níveis que, apesar de aprofundados e com uma longevidade adequada, acabam por pecar a este nível. O resultado é uma falta de vontade de explorar cada recanto, uma vez que não é transmitida, ao jogador, a sensação de recompensa iminente associada a esta tarefa.

Tenho as minhas dúvidas se Minecraft Dungeons irá agradar aos fãs hardcore de Minecraft, uma vez que, apesar de ter o ADN da série, é um jogo muito diferente. Este não é um título de sobrevivência (nem quer ser). Não é um título no qual passarão horas a construir, destruir ou descobrir, mas poderá ser um bom complemento à vossa lista de jogos casuais.

É que Minecraft Dungeons assume-se como um título interessante no universo Minecraft. É uma tentativa bem conseguida de posicionar a série num novo género, com o produto a ser, na minha opinião, um jogo perfeito para os mais novos. Aliás, se tivesse que identificar o público perfeito para Minecraft Dungeons, diria, sem dúvida, as crianças. Falamos de um título acessível, não violento, com uma estética que, apesar de não ser infantil, se assume como muito apelativa para este tipo de jogador. É por isso que é também um jogo perfeito para ser lançado na Switch. Aliás, Minecraft Dungeons é ideal para jogar “on the go” – tanto que acho que seria um lançamento ideal também no universo mobile.

Minecraft Dungeons prova que a série Minecraft continua a ser camaleónica e a ter coragem de fazer diferente e fazer novo. Um jogo de ação e aventura que promete fazer as delícias dos miúdos e o título perfeito para oferecer, sem pensar muito, já no Dia da Criança. Mais um título que prova que a casualidade e diversão podem ser uma fórmula simples, mas, sem dúvida, vencedora num videojogo.

A escala utilizada é de 1 a 10

O código para análise (PC) foi cedido pela Microsoft.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: