Metal Wolf Chaos XD | GLITCH TAG-REVIEW

Da obscuridade da Xbox original, para combater o catálogo impressionante da PS2, chega-nos um tesouro algo perdido no tempo e um dos projetos menos conhecidos da FromSoftware. Mas será este um regresso em grande ou um duplo-flop? O Canelo e o David fizeram a matemática.

David – Num mundo pós-Metal Gear Solid e Metal Gear Solid 2, parece que tanto mechas como jogos de ação com política descarada eram os elementos mais desejados pelos produtores japoneses. Assim temos Metal Wolf Chaos XD, um jogo que nos coloca na pele do Presidente dos Estados Unidos…ao controlo de um mecha. Por isso, Canelo, pergunto: é Wolf Metal Chaos XD um jogo político ou nem por isso?

Canelo – Ao contrário da Infinity Ward, que parece acreditar que nenhum dos seus jogos são políticos, penso que todos os jogos têm algo de político e de ideológico. É impossível não terem. Mas mais do que um jogo político, Metal Wolf Chaos XD é um jogo perdido no tempo. Como não tenho qualquer nostalgia pelo jogo, sendo esta a primeira vez que o joguei, dei de caras com um produto datado cuja temática tenta justificar este regresso às plataformas atuais, agora numa era dos memes e da internet. Ainda que a ideia continue a ser divertida e absurda, sinto que não envelheceu bem.

Adoro um bom jogo arcade, mas Metal Wolf Chaos XD tem sido uma experiência mais irritante e cansativa do que esperava. Dividido por vários níveis, o jogo coloca-nos em cenários limitados, mas destrutíveis, onde os objetivos se resumem à eliminação de alvos específicos e ao combate contra bosses. Os níveis não são totalmente lineares, mas sim fechados, colocando-nos quase em arenas onde somos rodeados por inimigos e objetivos, num mar de repetição que é difícil de evitar. É muito arcaico e irá ter os seus fãs, mas a falta de um checkpoint a meio das missões levou-me a pensar duas vezes se queria ou não continuar a jogar. Por mais que adore um bom desafio, não consigo desculpar maus pontos de gravação ou falta de cuidado a este nível – ou têm missões mais curtas ou checkpoints.

A troca de armas é rápida e o facto de termos dez em simultâneo, cinco para cada braço, dá-nos uma grande vantagem em combate, juntamente com alguma variedade de abordagens para cada combate.

David – Acho que resumiste muito bem a minha experiência. O meu desagrado e frustração com o jogo não se deve só àquilo que ele objetivamente é, mas pelas expectativas que tinha. Como sabes, adoro um bom “jank” e a arte construída à volta de piadas, em suma, a experiência Devolver. Neste caso, acho que a confiança da Devolver subiu-lhes à cabeça com este jogo quase rebuscado, com intenções interessantes, mas um produto que é mal produzido e que, honestamente, não fazia falta nenhuma.

Há um certo charme e, sem dúvida nenhuma, muito humor em Wolf Metal Chaos XD, mas desde as suas mecânicas arcaicas à apresentação pouco aprimorada, passando por uma sátira ao governo norte americano – que hoje não é bem o melhor motivo para piadas -, tudo parece falhar e cair no território do embaraço.

Mas se tiver de apontar defeitos que me fizeram largar o jogo ao fim de meia dúzia de missões, seria mesmo a sua optimização, que nem no PC dá para jogar acima dos 30fps, e a sua adaptação à geração atual. É um remaster mesmo muito fraquinho. Tu que estás mais habituado à cena retro e tens um historial com a From Software, o que tens a dizer deste legado e do produto enquanto remake?

O jogo devia ser mais assim, completamente exagerado, e menos “saltos por falésias com mortes instantâneas”.

Canelo – É um jogo que tenta invocar o melhor das produções Serie B e existem momentos cómicos devido à falta de cuidado e à péssima interpretação dos atores, mas quando o jogo não é divertido ou minimamente envolvente, estes elementos acabam por se perder. E é isso que sinto em Metal Wolf Chaos XD.

Olhando para o catálogo da FromSoftware, este é um projeto que até faz algo sentido, nem que seja pela popularidade da série Armored Core, mas também pela irreverência e na inconsistência das suas produções. Durante os 00s, a FromSoftware produziu um pouco de tudo, desde Otogi até a Kuon ou Shadow Tower Abyss, anos antes de lançar Demon’s Souls e Dark Souls. Metal Wolf Chaos XD é um produto desse tempo e de uma era em que a produtora japonesa continuava a produzir um pouco de tudo, sem tempo para limar o que lançava. E é isso que temos: um produto pouco limado. Com a reedição, a Devolver teve a oportunidade de nos dar algo novo e adaptado aos nossos tempos, mas não foi isso que aconteceu. Como está, é apenas mais um jogo para explorar a nostalgia dos jogadores.

Metal Wolf Chaos XD não é um mau jogo. A jogabilidade consegue ser divertida, existem inúmeras armas para desbloquear e é um jogo concentrado na ação que consegue dar-nos trechos interessantes pelos seus vários níveis. Mas é um jogo que mereça este regresso? Não e é ai que está o problema, merecia mais do que isso. Como está, e tendo em conta que existe a versão original, é apenas uma questão de escolherem a mais acessível. Na minha opinião, talvez seja apenas indicado para os fãs da FromSoftware ou de ação e mechas.

A escala utilizada é de 1 a 10

O código para análise (PS4) foi cedido pela Cosmocover Team.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.