Carta ao Pai Natal

Querido Pai Natal,

Bem sei que é tarde demais para pedir jogos novos para este ano. Demasiada pressão, nem eu queria um jogo assim mal amanhado e feito à pressa. Até porque Dragon Ball FighterZ chega logo no início do ano e Red Dead Redemption 2 ali a meio. Com 2018 resolvido, decidi fazer uma lista de desejos em que podes ir trabalhando ao longo do ano para os seguintes, de preferência logo para 2019.

Below
Vamos começar por um simples: onde anda Below? Escrevi sobre o dungeon-crawler da Capybara Games no início de 2016, mas já ando de olho no jogo desde 2013, quando foi anunciado. No mesmo artigo falei também de WiLD, mas há que definir prioridades se vou pedir por um milagre deste calibre. Posto isto, o meu pedido é que foques em Below, se fazes o favor, e deixa WiLD para depois.

“Simples”, digo eu, mas de simples deve ter pouco. O jogo estava previsto para o final do ano passado, e com o aproximar de 2017 a Capybara decidiu que só haveria silêncio da parte deles até que o jogo estivesse pronto para ser lançado. Até hoje. Não peço que o jogo saia logo em Fevereiro, até porque vou antevejo estar a jogar Dragon Ball FighterZ, mas 2018 é grande, tem 12 meses inteiros, e era mesmo porreiro se pudesse aventurar-me em masmorras sombrias numa ilha misteriosa, assim só para variar um pouco entre kamehamehas e donuts galácticos. Se for pedir muito, pronto, para 2019, mas logo pelo início, pode ser?

Shadow of the Tomb Raider
Ainda nem foi anunciado oficialmente, mas fica já aqui o pedido: posso ter qualquer coisa diferente? Passo a explicar. O reboot de Tomb Raider foi uma surpresa agradável em 2013, usando a receita Uncharted interessante e adulta. Foi um primeiro capítulo que apontava para a sede de aventura de Lara como o possível resultado de um trauma. A ideia estava presente no primeiro trailer de Rise of the Tomb Raider, a sequela, mas o trauma ficou-se pelo marketing.

Queria a Lara que sai das sessões com o psicólogo para aventuras de forma compulsiva e com impulsos destrutivos. Queria uma personagem que se confrontasse com esta relação pouco saudável da procura de adrenalina, não a mesma Lara que guincha com cada salto e tralho. Não estou a pedir que ela ponha em causa a leveza com que chacina pelotões de mercenários (era porreiro, mas essa dou de barato), mas uma rapariga que mostre as cicatrizes das experiências traumáticas que teve, como ver amigos serem mortos por piratas ou descobrir que a madrasta trabalha para mercenários russos. Parece-me justo.

Ghost of Tsushima
A Paris Games Week foi meio fraquinha, mas valeu a pena, nem que seja pela revelação de Ghost of Tsushima. A minha faceta positiva idealiza o jogo da Sucker Punch como Red Dead Redemption no Japão feudal, com samurais em vez de cowboys (manter os cowboys seria estranho). A minha faceta negativa, porém, teme que seja mais como inFamous e menos Red Dead Redemption, que é o que se pode esperar, uma vez que o estúdio não fez outra coisa entre 2009 e 2014. Não sei se dá para perceber que não gostei de inFamous, mas não gostei, realmente.

Enquanto inFamous vivia muito da sua fantasia, com Cole a saltitar de parapeito em parapeito a fingir que era parkour e tinha um sistema de combate pouco interessante e arcade, na minha humilde e não popular opinião, Ghost of Tsushima exige uma abordagem realista por causa do ambiente que pretende criar e da temática que aborda. A julgar pelo trailer, o protagonista é um samurai com laivos de ninja, o que aponta para mecânicas semelhantes: parkour e combate. Por favor, Pai Natal, não deixes que o samurai-ninja de Ghost of Tsushima seja outro salta pocinhas, e já que estou numa de pedinchar, que tal um sistema de combate ao estilo de For Honor? O jogo tem erros, sim, mas nisso acertou na mouche.

ForHornor
#orochi4lyfe #stillballin

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s