Andromeda está morto. Longa vida ao Anthem!

O final da semana passada marcou também o fim do suporte a Mass Effect: Andromeda. Uma decisão comunicada oficialmente pela Bioware que significa a inexistência de DLC para o jogo e patches adicionais. Os planos, diz a companhia, pelo menos até às comemorações do N7 Day, focam-se somente no modo multijogador.

Sou fã da série Mass Effect, mas uma fã acidental, que conheceu a trilogia por sugestão e se foi apaixonando com o tempo. Estão entre os meus jogos preferidos, entre as experiências memoráveis que esta indústria me proporcionou e na lista de alguns dos melhores DLC que já joguei. Este trio de jogos deixará para sempre saudades e será eternamente a prova de como é preciso ter cuidado com os legados. Isto porque Andromeda foi recebido com a sede de uma multidão que queria um novo jogo que, sozinho, ultrapassasse a magia de uma trilogia que emocionou fãs e enraizou emoções ao longo de uma jornada. Não é possível desculpar facilmente o lançamento desastroso, as falhas impossíveis de ignorar e a panóplia de problemas técnicos do jogo, mas seria possível aceitar que o título tivesse espaço para crescer e afirmar-se.

mass effect
Vou só deixar isto aqui e sair de fininho.

 

Não restarão dúvidas de que a decisão de não lançar conteúdo adicional para o jogo está intimamente relacionada com a violenta receção de Andromeda. Contudo, se compreendo uma multidão enraivecida e o efeito multiplicador dos incendiários dos videojogos – até o Zé, que teve de ir à Wikipédia procurar o que era o Mass Effect, andou a comentar que o Andromeda era m*rda – não consigo, à partida, compreender a decisão da BioWare. Digo à partida, porque já sou crescida e sei que o dinheiro e obrigações económicas de uma produtora desta dimensão são coisas sérias.

Ainda não acabei o jogo e já sei que merecia DLC, que haveria espaço para explorar esta nova entrada na série que, apesar de meio cocha, oferece uma nova perspetiva sobre a premissa base de Mass Effect. Algo louvável, mas que não evitou o afundar de um barco que sofreu com expectativas mal colocadas, a falta de paciência de jogadores que já só se importam com gráficos e da desilusão dos fãs que foram, talvez, demasiado saudosistas. Andromeda não pôde ser o irmão mais novo, realmente diferente no seu todo. Não pôde gostar de coisas distintas daquelas que os irmãos mais velhos gostam e, acima de tudo, não pôde receber a carta branca para crescer e amadurecer. É um fim demasiado silencioso para um jogo desta dimensão, que me faz pensar se esta equipa que, ao que parece, teve 18 meses para o acabar, se sente envergonhada.

mass effect andromeda
My face is tired from all this DLC canceling.

Nesta novela da vida real, entra ainda o pujante Anthem. Apresentado na E3, já um dos mais aguardados para 2018 (inclusive para mim), e a nova grande aposta da BioWare. Deveria ter sido este o novo Mass Effect? Acho que não. Terá este sacrificado Andromeda? Talvez. A gamer racional que há em mim diz que, assim sendo, deveríamos ter passado imediatamente para Anthem. A fã em mim diz que Andromeda deveria, tendo em conta as limitações, funcionado com uma entrada fan-service para ser jogada até encostarmos a nave e vestirmos, oficialmente, a pele de Freelancer.

A última entrada na série teria sido um presente intermédio para os fãs. Uma espécie de transição que, ainda que menos mágica e técnica que a trilogia, teria o seu charme.

anthem
Pretttttyyyyyyyyy!

Se ao menos eles tivessem tido a mesma calma que Wrex teve comigo, cada vez que eu não o escolhia para uma missão… E sim, eu também tive saudades da música de elevador, da equipa maravilha (JACKKKK), de Sheppard e do Garrus. Oh, Garrus… Que pena que é que Mass Effect não tenha beneficiado do mesmo bem que Breaking Bad beneficiou. É que isto de acabar uma série no momento certo é tarefa árdua. Posso ainda referir GoT, aqui? Hum?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s