Saltar para o conteúdo

Micro Machines World Series | Glitch Review

Por vezes um jogo precisa de algo mais para além de uma jogabilidade divertida e de gráficos bonitos. E quando até num destes dois pontos se apresentam medíocres, os jogos, são mauzinhos.
Um exemplo destes é Micro Machines World Series que chegou agora ao PC, Playstation 4 e Xbox One.

Micro Machines World Series é o segundo jogo lançado este ano pela Codemasters e surge depois de uma reinvenção da série, com um jogo lançado para iOS em 2016.

Infelizmente, é um jogo que tem mais coisas más do que boas. Começando por aquela que foi a minha maior surpresa, é um jogo altamente focado na componente online. Tenho por hábito navegar nos menus de definições assim que começo um jogo, e logo estranhei o facto do tutorial/modo livre estar escondido nestas opções.

Confortável com a jogabilidade, que, numa primeira impressão, achei divertida com controlos fáceis e intuitivos, lá me lancei para a uma corrida livre ou de campanha. Infelizmente não foi possível porque estes modos, basicamente, não existem.

A minha reação. Menos o copo de água.

O que existe é o modo a solo chamado Skirmish, onde oferece três estilos de jogo, Elimination, Free-For-All e Race. Não havendo sequer modo de ecrã dividido, Race apenas serve para um jogador, e os outros dois até quatro jogadores. Este é o único modo offline de Micro Machines World Series, sem qualquer tipo de progressão.

A vida do jogo encontra-se no Online. Apesar de ter loadings de conexão um pouco demorados, é bastante simples de entrar no jogo. Basta ir a Quick Play e escolher um dos três modos, que são iguais aos do Skirmish. Existe ainda o modo Ranked que oferece mais algumas variações dos modos, como o King of The Hill e Capture the Flag. Se quiserem apimentar as vossas sessões, existem também eventos comunitários aleatórios.

O potencial para uma campanha a solo ou cooperativa está lá. Mas reduz-se a “isto”.

A escolha dos carros é feita no lobby antes de cada corrida, e a oferta também deixa a desejar, com apenas 12 carros que não oferecem estilos de condução diferente e que diferem apenas no seu aspeto e em algumas habilidades. A seleção de pistas é composta por 10 níveis diferentes e 15 arenas, mas dependendo dos modos escolhidos, podemos ficar limitados a opções repetidas.

A progressão e diversidade do jogo fica por detrás de um sistema de loot boxes onde podemos desbloquear e ganhar coisas úteis como skins, modificadores de vozes e sepulturas.

Apesar da jogabilidade ser acessível e sólida, o level design e a posição da câmara são por vezes os nossos verdadeiros adversários, até porque é fácil ver as dificuldades dos outros jogadores no ecrã. As pistas requerem um grande conhecimento dos percursos e das suas manhas no controlo dos carros, até porque é quase impossível prever o que existe para onde nos vamos deslocar.

Visualmente o jogo tem algum charme, diria até que é catita dentro do genericamente possível, mas não é nada de outro mundo ou de que se possa gabar, principalmente quando um jogo aparentemente simples e pouco complexo, aponta para aos 30FPS na Playstation 4, havendo testemunhos que na Pro é igual.

Há mesmo muito pouco ou quase nada que dê uma nota positiva a este jogo. A fraca variedade de conteúdo e de modos torna Micro Machines World Series num jogo não recomendável, e é bastante claro que em breve a comunidade do jogo seja muito pequena. Logo deixam de haver modos online que salvem o jogo, e como diria o outro: “é a morte do artista”.

No lado menos mau das coisas, não é um jogo caro, foi lançado em modelo “budget”, ficando-se pelos 29.99€. Mas muito honestamente ainda é muita parra e pouca uva, e, acredito que o jogo eventualmente visse algum sucesso num modelo free to play.

A escala utilizada é de 1 a 10

O código para análise (PS4) foi cedido pela Ecoplay.

David Fialho Ver todos

É geek, é jogador, gosta de novas tecnologias e tem a mania que sabe opinar sobre algumas coisas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: