Mario Sports Superstars | Glitch Review

Não existem dúvidas que Mario é o mestre dos 7 ofícios. Em 30 anos de existência, o canalizador mais famoso do mundo já percorreu todos os cantos do planeta, jogou nos Jogos Olímpicos e desenvolveu uma carreira profissional capaz de invejar qualquer desportista mundial. Futebol, Baseball, Ténis, Corridas, Karts – tudo faz parte do seu currículo.

A mascote da Nintendo está agora de regresso ao mundo do desporto com Mario Sports Supertars, uma coletânea que reúne 5 modalidades num só cartucho. A versão exclusiva da Nintendo 3DS aposta na variedade e dá aos jogadores um leque de desportos para experimentar e aperfeiçoar. Ao contrário das entradas anteriores da série, aqui a experiência é mais focada, direta e, como seria de esperar, mais limitada.

Não existe uma tentativa de aperfeiçoar cada um dos desportos, mas sim criar uma versão simplificada e mais divertida que possa ser desfrutada por qualquer jogador. Não é necessário compreender as regras de cada modalidade ou apostar num curso intensivo para conquistar cada um dos torneios; longe disso. Os modos de treino sublinham esta universalidade da jogabilidade ao explicar eficazmente o que cada desporto oferece – existindo ainda a possibilidade de aprender as técnicas mais avançadas se assim o quiserem.

O problema de Mario Sports Superstars é que não nos traz nada de novo, à exceção da equitação. Cada desporto funciona como uma versão light do seu semelhante e conta com o mesmo esquema de jogabilidade, independente da modalidade que escolham. Isto significa que a base é igual para todos: várias personagens à escolha, todas elas interligadas à série Super Mario (e outras ainda por desbloquear), que estão divididas por várias classes – rapidez, ataque, técnica, etc – e com um leque de habilidade que poderão utilizar para ganhar vantagem. Para uma maior eficácia, será necessário combinar as personagens e criar equipas de dois, especialmente no futebol e ténis, para conseguirem atacar em todas as frentes. E isto repete-se em todos os jogos.

Para além das combinações de personagens, cada uma das modalidades apresenta as tradicionais habilidades especiais. No decorrer de uma partida, será possível ativar ataques mais poderosos para colocar os adversários em desvantagem e marcar o tão cobiçado ponto da vitória. Apesar das habilidades não se repetirem de desporto para desporto, todas elas parecem ter, uma vez mais, a mesma base e finalidade. Sejam ataques inspirados nas flores de fogo e nos cogumelos clássicos da série ou ainda remates com efeito e serviços rápidos, não vão sentir uma grande diferença de modalidade para modalidade. Esta falta de variedade – ou a necessidade por uma uniformidade – acaba por criar uma repetição que dificilmente é ultrapassada. É fácil sentir um certo déjà-vu quando começam a explorar cada um dos títulos a fundo.

1
As táticas são limitadas e a jogabilidade quase que nos força a depositar as nossas energias nos ataques especiais para vencer as partidas.

Apesar desta falta de diversidade nas mecânicas, Mario Sports Superstars está assente na diversão e traz-nos 5 desportos onde a ausência de uma profundidade acaba por jogar a seu favor e fazer parte da sua identidade. Não é suposto ser um simulador, mas sim um título capaz de agarrar qualquer tipo de jogador ao proporcionar versões mais arcada de cada um dos desportos. E nesse ponto, é difícil criticar este exclusivo da 3DS. O que não pode ser perdoado, e que deve ficar explícito, é este sentimento de corta e cola que está presente em cada uma das modalidades. A base, a progressão e a variedade seguem sempre o mesmo modelo.

Cada desporto conta com os tradicionais torneios e exibições individuais, seja a solo ou em multijogador. Sempre que concluem uma das partidas, são recompensados com moedas de ouro que podem converter em cartas colecionáveis. Os mais perfecionistas quererão completar a coleção e desbloquear todas as personagens secretas para concluir o título na sua totalidade. Contem também com o suporte para Amiibo, cujas figuras dão vantagem nas partidas e desbloqueiam novas cartas para a coleção.

Mas Mario Sports Supertars não chega sem novidades e apresenta aquele que é o grande destaque da sua coletânea: a equitação. Através deste novo modo, é possível criar o vosso cavalo favorito e correr nos vários torneios disponíveis. Têm à vossa disposição uma grande diversidade de cavalos, novamente divididos por classes e cada um com as suas habilidades, que podem equipar com novas selas e outros acessórios que encontram no mundo do jogo.

maxresdefault
Decorem o vosso amigo de quatro patas com vários acessórios.

Ao contrário dos desportos anteriores, existe aqui uma maior profundidade e variedade nas mecânicas, algo que agradará os fãs. O estábulo, disponível desde o início, coloca-vos em contacto direto com o vosso companheiro de corridas e permite-vos criar uma maior ligação de amizade através de várias atividades. É necessário tratar da sua alimentação e higiene, e ainda passeá-lo pelos campos e pistas do jogo. O mapa encontra-se dividido por vários setores, cada um com corridas e itens para encontrar, ainda que sejam limitados no seu tamanho. Não esperem, no entanto, encontrar um simulador de equitação, mas sim um jogo de corridas com um pequeno foco na criação do vosso animal favorito.

Esta aposta no estábulo é acertada e dá aos jogadores uma boa razão para regressar. É fácil ficar embrenhado no tratamento do animal e continuar à procura de novos acessórios e alimentos para o manter feliz e forte. Esta relação repercute-se nas corridas, novamente organizadas por torneios – como em todos os outros desportos -, e terão um maior sucesso se forem atenciosos para o vosso companheiro. Por isso, não se esqueçam das vossas lides diárias.

MarioSportsSuperstarsHeader
Contem ainda com minijogos desbloqueados através das Amiibos.

Mario Sports Superstars assume-se assim como o jogo dos 7 ofícios e mestre de nenhum. Apesar de manter a jogabilidade arcada que vimos nos títulos anteriores, estávamos à procura de mais neste regresso à 3DS. A equitação é, sem dúvida, o grande destaque e o modo que mais horas vos irá roubar, mas não esperem encontrar um jogo verdadeiramente profundo e desafiante. Mas se estão à procura de um título de desporto mais focado na diversão e sem o stress e dedicação de um simulador, não vão ficar dececionados.

Nota 6
A escala utilizada é de 1 a 10

O código para análise foi cedido pela Nintendo Portugal.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s