That Gaming Luv

Há várias maneiras de comemorar o dia dos namorados: a mais tradicional será passar o dia com a nossa cara metade, a outra opção é vir ao GLITCH (obviamente).

Para marcar esta data, não oferecemos chocolates nem flores. No entanto, não descartamos o nosso romantismo, e relembramos alguns dos romances mais memoráveis nos videojogos.

Os Traços e as Bolas (Pong)


O romance original. Aliás a novela mexicana original. Um dos primeiros, senão o único, videojogo a retratar um triângulo amoroso entre dois traços confiantes e uma senhora Bola indecisa em escolher um dos pretendentes. A luta pelo amor, pela paixão! Não nos digam que achavam que era um simples jogo de ténis!

Luigi & Daisy (Super Mario)

Vamos lá ver: aquela história da princesa no outro castelo era só para empatar o Mario e dar tempo à princesinha Peach de vestir o robe depois de se enrolar com o Browser. O casal maravilha aqui é mesmo a Daisy e o Luigi. Não é por acaso que são parte central do plot da excelente adaptação cinematográfica desta série.

Triss & Geralt & Yennifer (The Witcher)


Quase que aconteceu – aliás, se quisermos até chega a acontecer, mas com um twist hilariante!
A verdade é que é muito difícil escolher entre ambas… e outras na série. Por isso torcemos pelo Geralt para conseguir uma futura Menage à Trois.

Garrus & Tali (Mass Effect)

Como é hábito nos jogos da Bioware, o protagonista pode ter aquele romance com mais de metade da sua turma. Contudo a melhor relação, embora influenciada pelo jogador, é apreciada à distância quando, dependendo das escolhas feitas, podemos encontrar o Garrus e a Tali a calibrarem-se na engine room.

Squall & Rinoa (Final Fantasy)


A série Final Fantasy sempre esteve ligada ao amor, mas nenhum jogo foi tão longe como Final Fantasy VIII e a relação perfeitamente realista de Squall e Rinoa. E porquê realista? Porque nunca se viu um retrato tão fiel do “não gostava de ti, mas ao menos estás ao meu lado” como aqui. Seifer era o grande amor de Rinoa, mas como enlouqueceu…olá Squall!

Fãs & série Souls


O que se observa é uma história de amor melhor que a do Twilight. Aliás, a representação do sadomasoquismo é melhor do que a do Fifty Shade of Grey! Basta conhecer estes fãs para saber do que falo.

Sonic & Princesa Elise (Sonic The Hedgehog)


Como se o reboot magnífico do Sonic não pudesse descer mais baixo. A Sega esqueceu a Amy e deu ao Sonic uma namorada humana. Isto foi uma coisa que aconteceu. “People made this.

As peças de… (Tetris)

#savage
#savage

Palavras para que? Encaixam na perfeição.

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s